Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Que Amor É Este

"without music life would be a mistake" Friedrich Nietzsche

Que Amor É Este

#82 Angel Olsen

13 Maio 2018, 21:30h

Angel Olsen sobe ao palco do Centro Cultural Vila Flor. Sozinha, copo de vinho na mão num palco escuro só com umas pequenas luzes azuis a iluminar uma guitarra e um amplificador. Começa a tocar e o tempo e o universo pararam e tudo o resto deixou de existir...

... o tempo parou e fui só eu e a Angel naquela sala enorme. Sim eu sei que estava completamente cheia e esgotada a vários meses mas senti cada palavra, cada melodia, cada sorriso e cada pedacinho de sentimento que vem apegado a todas as musicas dela como se fossem interpretadas para mim, só para mim. 

Durante o concerto sempre sozinha com uma guitarra (e não precisou de mais nada) organizou um set que passa por varias das musicas mais antigas como "tiniest seed", por outras do mais recente "Phases" como "California" ou clássicos como "Windows" e "unfucktheworld" e ainda tocou algumas novas e inacabadas e nem precisou de usar o super single "shut up, kiss me" para dar de muito muito longe o meu concerto favorito do ano. 

Para tornar isto mais especial ainda posso dizer que consegui pela primeira vez falar com a Angel, e dizer-lhe o quão importante foram as musicas dela para mim, e contar-lhe toda a historia que eu tenho com a "unfucktheworld" (o que me valeu um abraço).

 

Sorrimos juntos, ficamos de lágrimas nos olhos juntos e no fim, tal como de todas as outras vezes, levou o meu coração juntamente com ela. 

32337181_10212743439643020_5719494737040244736_n.j

 Se tiverem a sorte de a irem ver a Lisboa nos proximos dois dias (os dois concertos estão esgotados) aproveitem cada minuto. Porque para mim o que define um grande artista ou interprete é a forma como transmite sentimentos e emoções atrávez da musica, e como te faz sentir unico numa sala cheia de gente, e nisso para mim não há comparação com a Angel Olsen .