Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Que Amor É Este

"without music life would be a mistake" Friedrich Nietzsche

Que Amor É Este

#74 Voltei de Londres...

...  Na verdade já voltei a uns dias, mas precisei de algum tempo para assentar e recuperar. Por varias razões foi desgaste física e emocionalmente mas apesar disso foi a melhor visita a Londres que já fiz e uma das viagens que mais gostei de fazer. Adoro a cidade, adoro a comida, os museus e toda a arte de rua, caminhar aleatoriamente pelos mercados e provar imensa comida...e Camdem que é provavelmente o meu sitio favorito.

O mais estranho disto tudo é que apesar de eu odiar a parte de ter que fazer coisas como a deslocação no carro, as horas no aeroporto, o tempo no avião (ter 1,97cm e viajar em económica não é fácil) e normalmente ter que fazer isto tudo sem dormir, tenho passado horas todos os dias a ver voos e a tentar organizar mais uma saída. Começo a sentir uma necessidade disto, de sair e conhecer sítios novos, e de toda a adrenalina que envolve a viagem. 

Desde sempre que acho que somos imensamente influenciados pelo meio e principalmente pelas pessoas que nos rodeiam e eu acredito cada vez mais nisso. Sempre quis viajar mas por uma razão ou outra o desejo nunca passava para a realidade, limitava-me a ver fotos e a planear viagens que não aconteciam. Mas lá está, acabei por conhecer alguém que em pouco tempo se tornou uma das minhas melhores amigas e das pessoas mais inspiradoras que conheço, e o "se queres ir e podes ir, porque não vais?" que ela tantas vezes diz acabou por me ajudar.

Neste momento enquanto escrevo isto tenho a pagina do skyscanner aberto e tento planear uns dias em Roma, estou a tentar escrever uma carta (sim daquelas de papel e isso tudo) para lhe mandar, e ela esta a acertar os últimos detalhes para daqui a umas semanas sair de Londres para 5/6 meses na Ásia, sozinha de mochila as costas praticamente só com um destino inicial marcado (Deli) e carregada de sonhos e vontade de conhecer e explorar.

Vai com tudo K, tira muitas fotos e trás muitos postais. Já estou cheio de saudades das horas que passamos a ter conversas sem sentido e de te ouvir rir do meu sotaque britânico. Provavelmente já te disse, mas tenho um orgulho do tamanho do mundo em ti!

"O que faz andar a estrada é o sonho"