Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Que Amor É Este

"without music life would be a mistake" Friedrich Nietzsche

Que Amor É Este

#69 As musicas que mais ouvi em 2017

Não sei se já conhecem a iniciativa do spotify O Som do seu 2017 (provavelmente a minha aplicação favorita) que mostra quais foram as vossas musicas e artistas mais ouvidos ao longo de 2017. No meu caso, mais de 31.700 minutos no contador da app, Indie Rock, Modern Rock, RnB/Soul e Hip Hop foram os géneros que mais ouvi com a Angel Olsen, The XX, Kendrick Lamar, Frank Ocean, The Kills e Moderat a serem os artistas que mais rodaram. Como estamos numa altura de balanços e normalmente venho cá falar dos meus álbuns favoritos do ano decidi fazer a coisa de forma diferente e fazer uma espécie de playlist com as musicas que mais rodaram por todos os meus dispositivos de reprodução áudio (coisa fina) e dando mais destaque aquilo que se fez durante este ano.

Sintam-se completamente a vontade para deixar aqui sugestões ou as vossas musicas favoritas de 2017 e afins.

 

The XX - Dangerous // Anderson .Paak - Come Down // Moderat - Reminder // Surma - Plass // Future Islands - Ran

The Drums - Blood Under my Belt // King Gizzard & The Lizard Wizard - Sleep Drifter // Cigarrets After Sex - Apocalypse

Angel Olsen - Shut Up, Kiss Me // NxWorries - Lik Dis // Julien Baker - Something // Lana Del Rey - Love // Daniel Caesar - Get You // Best Youth - Sunbird

Thundercat - Show You the Way // Ariel Pink - Another Weekend // Real Estate - Darling // Slowdive - Star Roving 

Sampha - Blood On Me // The Acid - Basic Instinct // Frank Ocean - Nikes // The Kills - Echo Home (non electric) // Marta Ren - Smiling Faces

Badbadnotgood - Time Moves Slow // Kendrick Lamar - Love // Childish Gambino - Redbone // Nicolas Jaar - No

St Vincent - New York // Loyle Carner - Florence // Slow J - Casa // Sonder - Too Fast // Mammut - Kinder Version 

Miguel - Sky Walker // Sharon Van Etten - Taking Chances // Luis Severo - Escola // Kaytranada - Got It Good

 

1 comentário

Comentar post